Almeida, B. P. (2009). A vontade de representação

“Poucos traços parecem distinguir com um sentido de evidência tão marcante a nossa época e a sua cultura artística como fenómeno que designámos como a reprodução. O processo reprodutivo nas suas relações com o fenómeno artístico – que Walter Benjamin começou por estudar, de forma quase intuitiva, numa das suas vertentes mais radicais, a da reprodutibilidade técnica -, constitui, em meu entender, um dos fenómenos mais radicalmente novos desta época e, também, um dos menos estudados, ainda que sobre ele se tenha construído em grande medida o paradigma da chamada Pós-Modernidade.” | Mais Informações

ANO

2009

AUTORES

Bernardo Pinto de Almeida

EDITORES

Campo das Letras