Fonseca, D. J. (2021). Por uma etnocaminhada em criação: modos de compor outras grafias festivas espetaculares

O artigo Por uma etnocaminhada em criação: modos de compor outras grafias festivas espetaculares, escrito por Danielle de Jesus de Souza Fonsêca, “busca promover um diálogo sobre a poética do corpo caminhante presente na Festa de São Marçal ou Encontro dos Bois, como também é conhecida a festa que acontece anualmente no dia 30 de junho, no bairro do João Paulo, em São Luís – MA. O deslocamento, apesar de possuir um trajeto retilíneo, característico da configuração festiva do bairro, apresenta muitas curvas e encruzilhadas inventivas, poéticas, espetaculares e imagéticas, (des)mobilizando diversos territórios simbólicos que serão ressaltados nesta caminhada etnocenológica. A discussão que se pretende realizar é pensar como a caminhada reinventa modos de produzir existências, sobretudo como os corpos experimentam a cidade e atravessam as camadas densas e tensas, tornando a paisagem festiva um espaço de trocas afetivas e criação nômade”.

Disponível na íntegra aqui.

ANO

2021

AUTORES

Danielle de Jesus de Souza Fonsêca

EDITORES

Ponto Urbe