Exposição não autorizada de Banksy debate genialidade e vandalismo

“Lisboa | Repleta de sátiras políticas e de críticas ao capitalismo, a arte urbana de Banksy – e seu hábito de espalhá-la pelo mundo sem qualquer tipo de licença prévia – é objeto de uma grande exposição que fica em cartaz até outubro em Lisboa.

“Banksy: Genius or Vandar” convida o espectador a refletir sobre a tênue freonteira que separa uma intervenção artística genial de um ato de vandalismo. Não aturoizada (e até criticada) pelo artista, a mostra atraiu maisde 600 mil pessoas pelas outras cidades que já passou: Moscou, São Petesburgo e Madri”. | Texto completo