As cidades escocesas sob o registo visual de Blomfield

Robert Blomfield (n. 1938) praticou fotografia de rua no Reino Unido desde o final dos anos 1950 até o início dos anos 1970. Seu uso da câmera, sempre discreto, capturou cenas interessantes em um mundo do pós-guerra que estava mudando a uma velocidade vertiginosa.

Com inspiração em grandes fotógrafos franceses, nomeadamente Henri Cartier-Bresson e Robert Doisneau, procurou realizar um trabalho quase invisível que o desafiasse a ver mais a partir de uma câmera que carregava para todos os lugares.

Durante décadas seus registos visuais ficaram guardados. Agora, como menciona um artigo no The Guardian, a família resgata essa memória e procura apresentar esse sensível trabalho ao mundo.

Suas fotografias podem ser vistas no artigo mencionado acima ou no portfólio de Blomfield, disponível aqui.