Apresentação pública do livro Transartes, arte expandida e novas linguagens na 30ª Feira do Livro de Braga

Decorreu ontem na 30ª Feira do Livro de Braga a apresentação pública do livro Transartes, arte expandida e novas linguagens. O evento contou com a participação das editoras, Helena Pires e Zara Pinto-Coelho. Alguns dos autores estiveram presentes e deixaram os seus comentários sobre os seus capítulos e a obra.

O livro é resultado de uma iniciativa que remonta a maio de 2019. No contexto da Escola da Primavera, uma iniciativa do Mestrado em Comunicação, Arte e Cultura, da Universidade do Minho, as editoras do livro e coordenadoras da Passeio, Helena Pires e Zara Pinto-Coelho, organizaram um sarau cultural, realizada no Salão Nobre da Câmara Municipal de Melgaço, sobre a temática “Espaços-Entre, através e para além das fronteiras”, tendo para o efeito convidado a participar, com apresentação de comunicação sobre a temática, académicos-artistas.

A partir desse encontro, a ideia para o projeto de publicação Transartes, arte expandida e novas linguagens surgiu no intuito de possibilitar um pensamento transdisciplinar que pensasse a elasticidade do campo da arte, a partir da ótica da criação, da produção e também da perceção.

Nesse sentido, o livro conta com 10 contributos em formato de capítulos, além de uma introdução. Os autores, ao pensarem na arte com potencial comunicacional, propõem diferentes reflexões e cruzamentos que contribuem para o enriquecimento e animação dos debates.

O livro é de acesso aberto e encontra-se disponível aqui.